Limites ou Adrenalina

A duas semanas o mundo o esporte perdeu de forma trágica um de seus ícones Kobe Briant, até onde se sabe o acidente com o helicóptero ocorreu devido a uma forte neblina o que é de saber de todos, condições impróprias para navegação! Não é de hoje que perdemos grandes nomes do esporte que mesmo após suas respectivas aposentadorias desafiam limites talvez devido ao seu vício em adrenalina.

O piloto Michael Schumacher é outro exemplo disso, pois viciado em adrenalina do alto mobilíssimo mesmo quando já aposentado em seu momento de laser optou por esquiar nos alpes o que lhe resultou em traumatismo craniano.

Nós meros mortais devemos nos perguntar, será apenas a cocaína, o crack ou a imprudência no transito formas de acionar adrenalina em correr no risco para nós e outros.

Quantos Kobe, Schumacher, Garrincha perderemos pelo vício de adrenalina ou no consumo de álcool e drogas