Dia do Esportista

A atividade esportiva proporciona bem-estar, auto estima, amor próprio, disciplina, habilidade em lidar com a dor, foco, enfim, todos os itens necessários para formação do ser humano de sucesso independente do contexto.

“É muito importante os pais incentivarem seus filhos desde a tenra idade como por exemplo, a natação nos primeiros anos de vida, além da união de pais e filhos, promove no mesmo autoconfiança. Depois de uma certa idade a criança que pratica atividade esportiva individual como atletismo, natação entre outros, contribui com o desenvolvimento do potencial de lidar com suas próprias limitações e supera-las. Já as coletivas ajudam as mesmas que a praticam a trabalhar em equipe em prol de um resultando em comum. Em outras palavras o esporte pode ensinar aos nossos filhos de forma simples e pratica o que é difícil para os pais ensinar. “ comenta Prof. Rogerio Souza

As atividades esportivas também são de extrema importância da recuperação da adicção, afinal quem cuida do seu corpo, ama sua vida, não a destroem, não a envenena e nem sabota sua própria existência. Mesmo aqueles que caíram na dependência química, quando são internados são incentivados a nadar, musculação entre outras atividades e como consequência melhoram seu auto estima e saem das clinicas confiantes, porem ao saírem não dão continuidade as atividades esportivas e gradativamente perdem o espirito esportivo.

O IBTA em seu tratamento com ibogaina recomenda a todos os seus clientes sobre a importância e práticas esportivas em decorrência de tudo citado acima além da sua importância na produção de dopamina e serotonina responsável pela produção de bem-estar.

Efeitos do uso de crack:

Ouvir vozes ou barulhos que não existem.
Fissura por mais droga.
Além dos efeitos em curto prazo, que estão mais ligados a sensações, os efeitos que o consumo do crack pode trazer a quem faz seu uso contínuo são devastadores. Essas consequências podem surgir mesmo quando o dependente não estiver sob o efeito da droga.

Efeitos em longo prazo:

  • Depressão.
  • Angústia.
  • Desnutrição.
  • Problemas respiratórios como tosse, falta de ar, dor no peito.
  • Baixa imunidade.

O Crack afeta o cérebro, podendo causar complicações neuropsiquiátricas como

  • Convulsões.
  • Prejuízos relacionados à memória, à atenção e à capacidade de organização.

O dependente químico foca apenas no uso das drogas e passa a viver em função desse vício. Isso afeta seu convívio familiar, suas amizades e sua vida profissional e social.

Tratamento

Existem diversos tipos de tratamentos para a dependência química. Cada paciente possui sua individualidade e o tratamento deve ser voltado para isso.

O tratamento feito com Ibogaína, uma substância retirada de uma planta de origem africana, tem apresentados ótimos resultados e grande eficácia no cuidado de pacientes com dependência química.

Esse tratamento acontece mais rápido do que os tratamentos convencionais, que podem chegar a durar seis meses.

Onde buscar tratamento?

O tratamento com ibogaína precisa ser realizado por uma equipe especializada, pois o paciente precisa de acompanhamento médico. A equipe deve estar preparada para atender a qualquer ocorrência médica que possa vir a acontecer.

Mesmo que o tratamento não seja para você, sendo para um familiar ou amigo, entre em contato com a Clínica IBTA Saúde.  Visite o local, se informe sobre o assunto e você verá que é possível a cura da dependência.